Pesquise no BLOG!

terça-feira, 7 de maio de 2013

O amor segundo a simplicidade

2 COMENTÁRIOS

O que mais acalma a alma é nossa convicção de pedir e ser atendido. Desde que nos conhecemos como gente, nosso instinto nos leva a crer naquilo que vemos, ouvimos e sentimos.

A convicção em amar está proporcionalmente ligado naquilo que a sociedade desde entao impôs aos sobreviventes do dia após dia. E é isso, a vida é feita de pequenos fragmentos de momentos divididos em segundos, minutos, horas, dias, semanas, meses e anos. E durante cada passagem de tempo, estamos expostos aos Abraços inesperados, a ligações fora de hora marcada, ao beijo apaixonado, ao Abraço apertado e ao momento de transe que passamos ao olhar olho por olho.

Quando isso tudo não vem, estamos sentados na varanda da vida, apenas vivendo daquilo que nós buscamos pra nós enquanto as coisas estão no alcance de nossos dedos cansados.

Nos cansamos.

Morremos.

Levantamos da varanda e caminhamos de cabeça baixa. Até esbarrar em alguém que faça reacender todas as luzes do nosso caminho. Não enxergamos o fim, mas pra quê fim? E ouvimos no pé do ouvido: "eu serei o homem que te tratará com o respeito que uma mulher merece. E meu desafio de vida será conquista-la dia após dia até o fim de meus dias".

Você,  numa vontade súbita de retribuir tamanha dedicação, se vê dia após dia ao lado de quem lhe cumpre a palavra sem receios. Sente vontade e faz: o surpreende com Abraços inesperados, ligações fora de hora marcada, um beijo apaixonado de bom dia, um abraço apertado e a certeza de olhar para olhos quem compreendem seus olhos.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

As mentiras que as verdades contam

0 COMENTÁRIOS

"Mentir pra si mesmo é sempre a pior mentira..."

Mentira saudável é aquela essencial no dia a dia. É uma mentira que não machuca,  não faz lágrimas cair, não cria clima e não estraga confianças. Esta mentira na qual me refiro, é a mentira que as pessoas estão acostumadas a viver porque são essenciais para o convívio social.

Porém existe um ponto crucial na qual as mentiras se perdem: na hora de esconder uma verdade. É nesse ponto que a fala afina, as palavras falham, a voz treme, a mão gela e o corpo estremesse. E o coração da vítima dói.

Independente da mentira contada,  ela nunca é encoberta para sempre, chega uma hora que ela mesma se esforça para sair do esconderijo da alma. Infelizmente não existe um modo de previnir deste mal, mas existe a escolha de se afastar assim que passa a ser um incomodo.

Sempre vai existir uma verdade na qual vale a pena lutar. E essa verdade trilha um caminho que muita gente desconhece, pois nunca foram capazes de seguir andando naturalmente.

As pessoas são exatamente assim, mentem para esconder uma realidade... ou ocultam a verdade para esconder aquilo que realmente são. Você não é,  e nunca será obrigada/o a viver numa verdade inconstante. Numa verdade que amanhã pode chegar ao fim. A mente do ser humano é capaz de loucuras quando desafiada... Então parte de você a iniciativa de saber se os fatos são suportáveis ou não. Desconfie de quem tem medo do próprio passado... quem leva a vida de um modo consciente, não teme transparecer quem realmente é.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

Muito além do que um Bom dia

0 COMENTÁRIOS

Criar expectativa esperando que os outros as cumpram é frequente. Consciente ou inconscientemente todos acabamos esperando alguma coisa de alguém.
E o lado da história de que "As pessoas se magoam sozinhas" entra com tanta intensidade que acaba nos magoando pelo fato de ser verdade.

É aquela história da data comemorativa. A mulher espera flores e um beijo do marido, cria tanta expectativa em cima das teorias dela, que instiga o cérebro a criar galhos em troncos. A mulher começa a pensar: "Se ele não me trouxer flores, não me ama. Se não me ama, tem outra. Quem será ela, heim? Claro, a loira do escritório, simmmmm, ele vive sempre com ela. Com certeza tem um caso. Será que as flores que eu iria receber, ele entregou pra ela? E se ele a levou pra almoçar?"... a intensidade é tanta que o cérebro faz os questionamentos se transformarem em certeza. E aí, quando o marido liga pra saber se ela está bem, ela atende:

- "Vai você, sua secretária e as flores pra puta que pariu!".

Entende?

O certo seria viver não esperando pelo que o amanhã reserva.
Mas é tão complexo que ousamos questionar o ontem e o hoje.

Eu gostaria de ter expectativa apenas sobre as coisas que eu sei que estariam próximas da realidade.

terça-feira, 26 de março de 2013

Amor + Dúvidas = Observe!

0 COMENTÁRIOS
As vezes é preciso deixar o coração de lado e seguir a razão. Não que o coração seja trapaceiro e egoísta, mas ele cria uma imensidão de sentimentos que depois se torna difícil de controlar.

Tomar uma decisão é difícil pelo fato da renúncia a algo que de longe parece ser bom, trazendo um sofrimento como consequência do status de voltar a um ponto de partida, e a preguiça de começar tudo de novo.

As palavras podem ser facilmente manipuladas sob um aspecto do "Eu arrependido". Mas é difícil diferenciar quando é realmente verdade ou uma simples fala teatral. Nessas horas as ações costumam preencher as respostas que ficam no ar, tanto pelo lado positivo, quanto pelo lado negativo.

Juntando todos os pontos de vista de um só, sentimentos são válidos quando trazem bem estar. A partir do momento que são superados pelas dúvidas, passam a ter um valor mínimo e vários pontos começam a ser observados.

Digamos que eu esteja num momento de observação.

quarta-feira, 20 de março de 2013

0 COMENTÁRIOS

Ela prometia que se fosse traída, não falaria nada, apenas se jogaria pela janela.

Todas as vezes que ela ia abrir a janela ou arrumar a cortina, ele entrava em pânico.

E ela sabia a verdade.


Morral da história: Quem não deve, não teme.

segunda-feira, 18 de março de 2013

E quantos pontos vagos

0 COMENTÁRIOS

Quem ama não pergunta, faz.
Quem ama mesmo, cuida.
Quem ama não pensa no errado, cultiva o certo.
Quem ama... quem ama verdadeiramente, sabe o que é amar.

Admiro pessoas cuidadosas. Ainda mais quando são cuidadosas com a vida sentimental das outras pessoas, mais precisamente das que estão ao seu lado. O cuidadoso, ao ver você doente, não pergunta se pode esperar até amanhã pra ir a um hospital. Um cuidadoso, não pergunta se você está com fome, ele chega com algo pra você comer. Um cuidadoso, poderia estar preocupado com milhões de coisas do mundo, com milhões de pessoas, milhões de fatos... mas ele é tão cuidadoso, que se preocupa em fazer você reparar que mesmo longe, ele está ali... se fazendo presente. Essa cumplicidade que deve ser mútua, faz surgir sentimentos que alimentam a alma e o coração.

A cabeça não tem poder para ser o "diabinho" querendo te mostrar coisas ruins, porque o sentimento de proteção é tão intensa, que preenche os pontos vagos.

Os pontos vagos...

Vários pontos vagos...